MANUTENÇÃO PREVENTIVA NO EQUIPAMENTO BALANCIN

MANUTENÇÃO PREVENTIVA NO EQUIPAMENTO BALANCIN

PAULO JUNIOR DA SILVA FERREIRA WELLINGTON MARCOS DE CARVALHO

Tipo de Obra: TCC

Orientador: Dejanir José Campos Júnior

Data de Publicação: Feb 1, 2019

Descrição:

Com o passar dos anos algumas exigências mercadológicas passaram de optativas para imprescindíveis às organizações que tenham interesse em manter-se atuante e concorrente no mercado, podendo assim, ser direcionadas à busca pela melhoria contínua, qualidade total, redução de custos, dentre outras tantas. Com isso, surge a necessidade de planejar a produtividade e a manutenção preventiva em seus equipamentos. Este estudo terá como metodologia inicial a pesquisa bibliográfica, que segundo Gil (2010) se utiliza de material já produzido sobre o assunto. Posteriormente será apresentado um estudo de caso realizado em uma empresa automobilística, localizada na grande Belo Horizonte, Minas Gerais. Será pesquisado o equipamento conhecido como Balancin de Mola, equipamento este que serve de sustentação para os operadores que utilizam uma pinça de eletrodos para dar os pontos de soldas nas carrocerias dos veículos, durante sua montagem. O Balancin é fixado com um gancho e cabos de aço de segurança em um trilho móvel a aproximadamente três metros de altura. No interior do Balancin, tem-se um fecho de mola regulável pressionado e enrolado num carretel com cabo de aço. Está preso na extremidade deste cabo de aço um gancho onde está fixada a pinça de eletrodos. Desta forma, com o peso da pinça o cabo de aço se desenrola e a pinça fica apoiada ou sustentada a uma altura ideal, e como a mola é regulável, coloca-se na altura ideal para que cada operador possa realizar sua tarefa com o menor esforço possível. A manutenção deste equipamento está atenta as normas: NR 35 – norma para trabalho em altura e a NR 17 – norma para ergonomia durante a realização do trabalho.