MÉTODOS E TÉCNICAS DE CLAREAMENTO DENTÁRIO

MÉTODOS E TÉCNICAS DE CLAREAMENTO DENTÁRIO

Patrick Barbosa SILVEIRA,

Tipo de Obra: Trabalho de Conclusão de Curso

Orientador: Dr. José Carlos Ribeiro

Data de Publicação: Dec 16, 2019

Descrição:

O sorriso é tido como uma peça fundamental para a aparência e a apresentação do indivíduo em meio a sociedade. Desta forma, dentes escurecidos interferem negativamente na aparência do sorriso e podem prejudicar a autoestima do indivíduo. As alterações na cor dos dentes podem ser provenientes de fatores internos ou externos. A pigmentação ou escurecimento dos dentes varia muito em sua etiologia, aparência clínica, localização, gravidade e aderência em estruturas dentárias; pode ser classificado como extrínseco, intrínseco ou uma combinação de ambos. O clareamento é um procedimento clínico conservador usual realizado na Odontologia para resolver problemas estéticos associados à descoloração dentária. Este procedimento estético pode ser realizado por clínicos no consultório, utilizando altas concentrações de peróxido de hidrogênio, ou por pacientes em casa, utilizando placas de acetato/silicone onde será depositado o peróxido (geralmente peróxido de carbamida) em baixas concentrações. Existem algumas técnicas para a realização do clareamento dentário, de modo que todas apresentam vantagens e desvantagens, bem como limitações e riscos aos dentes. Em meio a este contexto, este trabalho tem por objetivo realizar uma revisão de literatura acerca das possibilidades de clareamento dentário. A odontologia estética tem se tornado mais prevalente devido ao aumento da demanda dos pacientes por esse tipo de tratamento. Uma das práticas mais comuns na odontologia estética é o clareamento dentário, o qual vem ganhando cada vez mais espaço entre os pacientes que buscam um sorriso cada vez mais branco e estético. Neste contexto, torna-se prudente descrever as principais considerações acerca deste tema tão atual. Foi realizada uma pesquisa de cunho qualitativo, estruturada em forma de revisão bibliográfica. Verifica-se com a literatura revisada que o clareamento dentário, seja ele endógeno ou exógeno, já é consagrado na literatura como um procedimento eficaz para resolução do escurecimento dentário. Os tratamentos duram, geralmente, uma média de duas a quatro semanas, dependendo do grau de escurecimento e da técnica utilizada, podendo optar-se pela técnica mediata, imediata ou mista. Os materiais mais utilizados são o peróxido de hidrogênio, o peróxido de carbamida e o perborato de sódio. É possível obter ótimos resultados a partir do clareamento dentário, contudo, este deve ser devidamente indicado para cada caso.