Avaliação da incidência de moscas-das-frutas em frutos de cafeeiro

Avaliação da incidência de moscas-das-frutas em frutos de cafeeiro

Cassio Nicodemos DIAS JUNIOR, Robson Rangel SANTOS

Tipo de Obra: Trabalho de Conclusão de Curso

Orientador: Eliana ALCANTRA

Data de Publicação: Jul 17, 2020

Descrição:

 

A cultura do cafeeiro foi se disseminando em muitas propriedades rurais desde a sua chegada ao Brasil, devido às condições climáticas favoráveis. O estado de Minas Gerais possui a maior área plantada de cafeeiro no Brasil, com 1.238.270 mil hectares predominando a espécie arábica, em 98,87% da área. Isso representa 54,25% da área cultivada com café no país, englobando duas principais regiões produtoras do estado de minas gerais, são o Sul e o Cerrado. Com o aumento das áreas cultivadas de cafeeiro ocorrem, consequentemente, condições favoráveis para à infestação de moscas-das-frutas. Neste sentido, foi desenvolvido o experimento na fazenda Coimbra, situada no município de Três Corações-MG para avaliar a infestação da mosca-das-frutas. O experimento foi realizado em duas áreas, denominadas de talhão 05, com a variedade Mundo Novo e talhão 06, com a variedade Catuaí. Foram coletados 5 frutos de café da parte mediana da planta em estágio de café cereja e 5 frutos do chão de três plantas localizadas sempre no começo, meio e fim, de um total de 5 ruas, totalizando em cada talhão 150 frutos, gerando um montante de 300 frutos colhidos. Os frutos foram acondicionados em copos plásticos de 250 mL com uma camada de areia no fundo. Os recipientes plásticos ficaram dispostos em temperatura ambiente de 23º a 25º C. As variedades estudadas apresentaram uma porcentagem de 2,66% de frutos atacados por moscas-das-frutas, em ambas cultivares sendo o ataque somente em frutos café cereja.