O estresse ocupacional e a síndrome de burnout no contexto do jogador de futebol profissional

O estresse ocupacional e a síndrome de burnout no contexto do ...

Mateus Vitor LIMA

Tipo de Obra: Trabalho de Conclusão de Curso

Orientador: Luiz Felipe Silva MELO

Data de Publicação: Jul 11, 2019

Descrição:

Dentro da categoria dos jogos desportivos coletivos, o futebol é uma modalidade que se destaca culturalmente, praticado por um número grande de pessoas, comuns e atletas profissionais. Desta forma, neste esporte, o sucesso é sempre um produto de uma série de fatores combinados, sempre coletivos ao mesmo tempo que individuais. Esforços individuais podem ser caracterizados segundo seus aspectos táticos, técnicos, físicos e psicológicos. Psicologicamente, sabe-se que o futebol é um esporte imprevisível, aleatório e variável, devido ao número de dimensões envolvidas e tais dimensões passam a impactar os jogadores profissionais. Presume-se, assim, que desempenhar o papel de atleta, na sociedade atual, requer do profissional muito mais do que cuidar da saúde; ou seja, requer trabalhar com pessoas e em equipe, além de lidar com torcidas e torcedores. Pensamos então, que mesmo não sendo levado em consideração, o estresse está presente na profissão dos jogadores profissionais de futebol. Desta forma, por meio de pesquisa literária, objetiva-se versar sobre o estresse no contexto do atleta profissional/jogador de futebol que atua em times profissionais, buscando conceituar e identificar seus principais sintomas, conhecer suas fases, seus agentes estressores e identificar o seu mais elevado nível – Burnout.